Maurice Sendak (1928-2012)

Foi, sem margem para dúvidas, um dos autores mais canónicos do século XX no que toca à chamada literatura infantil. Em boa verdade, o melhor seria dizer que foi um dos autores mais canónicos do século XX e que escreveu e ilustrou livros para crianças, ou livros que as crianças podem ler, ou livros que são leitura aconselhável para qualquer pessoa, independentemente da idade. Com Where the Wild Things Are, publicado em 1963, lançou o debate sobre o que é leitura apropriada para os mais pequenos, enfurecendo algumas mentes conservadoras que viam a infância como o lugar de todas as purezas morais e não achavam bem que se as confrontasse com os seus medos. Morreu aos 83 anos e as homenagens multiplicam-se por todo o mundo.

No Guardian e no New York Times há dossiers sobre a vida e a obra de Sendak que merecem leitura atenta.

(fotografia de James Keyser/Time & Life Pictures/Getty Images; post em ‘stereo’ com o Cadeirão Voltaire)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s