Recortes: David Machado e João M. P. Lemos, A Mala Assombrada, Presença

Depois de um romance que questiona a fronteira entre verdade e verosimilhança (Deixem Falar as Pedras, D. Quixote), David Machado regressa ao registo habitualmente definido como ‘infantil’ com uma história onde se explora o medo e os modos de o enfrentar, mas onde a dita fronteira permanece como subtexto. A Mala Assombrada acompanha a odisseia de dois irmãos com atitudes opostas perante uma mala desconhecida, encontrada sobre o muro de uma casa abandonada. Entre o medo envergonhado do mais velho e a temeridade inexplicável do mais novo, David Machado constrói uma narrativa onde se reconhecem gestos e atitudes não exclusivamente infantis, mas cuja aceitação tende a esfumar-se com o passar dos anos.

O trabalho de João Lemos surge em estreito diálogo com o texto, o que confere ao livro uma unidade salutar (e nem sempre presente em livros com texto e imagem), mas isso não evita a cedência a um conjunto de tópicos visuais que persistem em boa parte das edições destinadas ao público infantil. Há páginas que ultrapassam essa mediania, sobretudo quando Lemos explora os ângulos menos óbvios e mais consentâneos com a visão necessariamente baixa de uma criança, quando joga com a presença ou a ausência de luz ou quando abre os planos para pormenores tão meticulosos como o da fechadura da mala que dá título ao livro, mas o registo banaliza-se sempre que surgem as personagens, caracterizadas pelas linhas arredondadas, os contornos marcados e as cores estandardizadas que podemos encontrar em tantos desenhos animados ou jogos infantis de computador. É um registo que não ilumina como devia o texto de Machado e que nem sequer faz justiça ao trabalho gráfico que João M.P. Lemos tem desenvolvido noutros espaços, ficando-se pela competência onde as expectativas apontavam para o deslumbramento.

Sara Figueiredo Costa
(publicado no Actual, Expresso, Maio 2011)

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s